/** * @file * Theme override for page titles. * * Available variables: * - title_attributes: HTML attributes for the page title element. * - title_prefix: Additional output populated by modules, intended to be * displayed in front of the main title tag that appears in the template. * - title: The page title, for use in the actual content. * - title_suffix: Additional output populated by modules, intended to be * displayed after the main title tag that appears in the template. */ #} Central de Privacidade | TIM

Central de Privacidade

Nós levamos a sério a sua privacidade e seus dados

Protegemos seus dados e somos transparentes sobre o uso deles

Você conhece a Política de Dados TIM?
Você conhece a Política de Dados TIM?

A TIM S.A. é uma das maiores empresas de telecomunicação do Brasil, além de fazer parte de um grupo multinacional com presença local há mais de 20 anos.

Somos a primeira operadora a ter presença nacional. Com a inovação em nosso DNA, buscamos sempre potencializar a vida de nossos clientes através da tecnologia. Para isso, além de trabalhar na ampliação e melhoria da rede, apostamos em um portfólio completo com telefonia móvel, fixa e internet. Assim, nossos clientes individuais e corporativos estarão sempre conectados.

A transparência é um de nossos pilares. Somos a única empresa do setor de telecomunicações no Novo Mercado da BM&FBOVESPA, reconhecido como nível máximo de governança corporativa. Também fazemos parte do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e do Índice de Carbono Eficiente (ICO2).  

Como outro destaque, temos o projeto Portas Abertas, no qual consumidores acompanham as ações de ampliação e melhorias da rede, além de conhecerem o verdadeiro retrato da nossa cobertura. Vale ressaltar também as iniciativas do Instituto TIM, que buscam criar e potencializar recursos estratégicos para a democratização da ciência e inovação no Brasil.

Como funciona a Proteção de Dados?
Como funciona a Proteção de Dados?

A privacidade e a proteção de dados dos clientes é um dos temas mais importantes para gestão dos negócios da TIM. 

A Companhia conduz suas atividades em alinhamento com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), nº 13.709/2018, e baseada na ISO 27001, norma internacional que descreve as melhores práticas para a gestão da segurança da informação.

Desde que a LGPD foi sancionada, em 2018, a TIM se preparou de diversas formas para se adequar às exigências legais. 

Entre as principais ações, a Companhia capacitou os seus colaboradores para reforçar a conscientização dos impactos e das modificações trazidas pela lei e orientou para que seguissem as diretrizes na coleta e utilização dos dados pessoais de clientes, funcionários, fornecedores e demais pessoais.

Como funciona o Projeto de Adequação?
Como funciona o Projeto de Adequação?

Esse projeto está em constante evolução. Estamos sempre buscando atualizar procedimentos e práticas, assim como nosso relacionamento com clientes, fornecedores e colaboradores. Alguns números mostram o tamanho do esforço empreendido pela TIM:

Cerca de 115 áreas foram envolvidas em nosso processo de avaliação de práticas;

Aproximadamente 400 sistemas de software utilizados foram avaliados;

Mais de 2.000 atividades de tratamento de dados foram mapeadas e seus processos analisados, sendo destacados aqueles materialmente relevantes para análises de consultorias externas e escritórios de advocacia;

Mais de 1.500 contratos com fornecedores/prestadores de serviços estão sendo alterados para que possam estar em conformidade com os níveis de governança em proteção de dados exigidos por nós.

Todas as iniciativas definidas ao longo de nosso projeto de adequação à LGPD foram cuidadosamente planejadas de acordo com os respectivos níveis de criticidade. 

Para tanto, foram levados em conta os diferentes riscos identificados na operação da empresa, colocando as diferentes categorias de titulares de dados tratados pela TIM no centro desta avaliação de prioridades.

Entre outros aspectos, a LGPD estabelece uma série de Direitos dos Titulares, isto é, solicitações que podem ser feitas por cada indivíduo que tem os seus dados tratados pela empresa, incluindo, a possibilidade de solicitar mais informações como os dados são tratados, a retificação dos dados ou a exclusão da base. 

Desde que a LGPD entrou em vigor, a TIM recebeu mais de 1000 solicitações de titulares, e todas foram atendidas. Os pedidos mais frequentes envolvem o direito de acesso ou de oposição ao tratamento dos dados. 

O responsável pela gestão do tema na Companhia, conforme determina a legislação, é o Data Protection Officer (DPO), nomeado em 2018. O profissional reporta-se diretamente ao Conselho de Administração e coordena o monitoramento do programa de governança em dados da TIM, além de apoiar na avaliação e implementação de práticas focadas no aprimoramento do programa.

A TIM entende que a proteção de dados e a privacidade dos clientes é um tema diretamente relacionado à continuidade do negócio e que tem impacto direto na imagem e reputação da Companhia, na satisfação, confiança e fidelidade dos clientes. 

O não cumprimento das exigências legais pode gerar multas e perda de confiança do mercado. No contexto da pandemia, a segurança cibernética ganhou ainda mais relevância para manter resguardadas as informações dos clientes e a proteção contra danos e possíveis interrupções na operação.

Como é feita a gestão com a LGPD?
Como é feita a gestão com a LGPD?

Como medida de transparência, apresentamos abaixo uma série de medidas que foram conduzidas pela TIM ao longo dos últimos anos buscando uma maturidade maior de seu programa de governança:

2018

Criação do Comitê de Privacidade, coordenado pelo diretor-presidente e composto por diretores da Companhia;

Nomeação do Data Protection Officer (DPO).

2019

Início da adequação da TIM à LGPD, que foi dividido em 5 fases, sendo elas: preparação; diagnóstico/avaliação; implementação; monitoramento; e Assurance.

2020

Processo de revisão e adequação dos contratos já existentes e dos novos que foram classificados como de impacto a dados pessoais;

Criação da Central de Privacidade no site da TIM, com Atualização e disponibilização das Políticas de Privacidade e de Cookies;

Designação de equipe dedicada a liderar as ações necessárias ao cumprimento da LGPD e gerenciar as solicitações de Direito dos Titulares;

Revisão e atualização de documentos normativos internos para regular e orientar o tratamento de dados pessoais pelos colaboradores;

Atendimento às solicitações de Direito dos Titulares (a lei prevê aos donos dos dados pessoais diversos direitos, entre os quais o de correção, acesso e confirmação do tratamento).

2021

Revisão e atualização anual de documentos normativos internos para regular e orientar o tratamento de dados pessoais pelos colaboradores;

Criação de um fluxo interno de segurança para incidentes ou casos de vazamentos envolvendo Dados Pessoais;

Realização de uma série de ações contínuas de conscientização de nossos quase 10 mil funcionários, como diversas comunicações internas por e-mail e outras plataformas organizacionais, e adoção de três níveis de treinamentos institucionais:

(i) treinamento e-learning disponível para todos os colaboradores;
(ii) treinamento específico para os executivos e colaboradores estratégicos da TIM;
(iii) treinamento dos fornecedores e parceiros de venda, conscientizando sobre a lei e os cuidados que estamos tomando para atendê-la.

2022

Atualização das Políticas de Privacidade e de Cookies;

Contratação de ferramenta digital para atendimento e gerenciamento dos Direitos dos Titulares, propiciando melhor experiência para os clientes exercerem seus direitos;

Revisão e atualização anual de documentos normativos internos para regular e orientar o tratamento de dados pessoais pelos colaboradores;

Reestruturação da nossa Central de Privacidade para garantir maior acessibilidade e transparência sobre a forma como tratamos os dados pessoais e quais medidas adotamos para protegê-los;

O que é o Data Protection Officer?
O que é o Data Protection Officer?

O Data Protection Officer (DPO) da TIM possui como atribuições na condução do programa de governança da TIM:

Manter uma visão integrada do plano estratégico da TIM em proteção de dados, em toda a cadeia de valor da Companhia, com o objetivo de garantir a implementação do Programa;

Reportar ao Comitê de Proteção de Dados sobre os andamentos das diferentes atividades-chave da TIM e que envolvem dados pessoais;

Implementar a padronização de políticas, metodologias e ferramentas, desenvolvendo indicadores de monitoramento dos processos de proteção de dados nas diferentes áreas;

Desenvolver treinamentos e orientar projetos de conscientização em proteção de dados;

Aceitar reclamações e comunicações dos titulares, prestar esclarecimentos e adotar providências;

Receber comunicações da Autoridade Nacional de Proteção de Dados e adotar providências;

Estabelecer e ajustar, em conjunto com as diferentes áreas da TIM, as políticas de proteção de dados e outros processos de governança de dados;

Apoiar a implementação das melhorias em processos e controles de privacidade e proteção de dados;

Revisar os processos e atividades de privacidade e proteção de dados da TIM, garantindo o cumprimento com as leis aplicáveis a matéria.

Quais são os Direitos dos Titulares?
Quais são os Direitos dos Titulares?

Em 2020, consolidamos a nossa Central de Privacidade, um espaço em nosso site em que fornecemos os Canais de contato com o DPO.

Desde a disponibilização dos canais, mais de 1000 requisições dos titulares de dados pessoais foram recebidas e respondidas pela TIM, sendo:

2021 – 727 (janeiro/dezembro)

Cartão em azul em que lê-se 63 por cento de não recebimento de ofertasCartão em azul em que lê-se 13 por cento de direito de acessoCartão em azul em que lê-se 8 por cento de eliminação de dadosCartão em azul em que lê-se 7 por cento de correção ou atualizaçãoCartão em azul em que lê-se 9 por cento de outros

 

2022 – 515 (janeiro/outubro)

Cartão em azul em que lê-se 56 por cento de não recebimento de ofertasCartão em azul em que lê-se 13 por cento de direito de acessoCartão em azul em que lê-se 10 por cento de eliminação de dadosCartão em azul em que lê-se 8 por cento de correção ou atualizaçãoCartão em azul em que lê-se 13 por cento de outros

Quais medidas de segurança utilizamos?
Quais medidas de segurança utilizamos?

A TIM possui uma diretoria dedicada ao atendimento de controles de segurança nas auditorias internas e externas de suas operações.

As principais atribuições dessa equipe são:

Assegurar a análise sob a ótica de segurança dos projetos ICT da empresa e a gestão dos perfis e dos acessos lógicos aos sistemas;

Assegurar a gestão das vulnerabilidades, a prevenção ao vazamento de informações, a realização de simulações de ataque cibernético, a investigação digital e o monitoramento da evolução e a detecção de novas ameaças e riscos cibernéticos;

Garantir o acompanhamento e o tratamento de riscos cibernéticos e dos eventos de segurança, a mitigação de ataques, bem como a gestão e a resposta aos respectivos incidentes;

Garantir as atividades de governança do processo de prevenção de riscos que possam afetar a continuidade do negócio, bem como o suporte as funções na implementação de iniciativas de segurança.

Para mais informações sobre as medidas de segurança da TIM para garantir a continuidade na prestação dos serviços e na proteção dos seus dados acesse o documento Política de Segurança da Informação e Segurança Cibernética.

 

Quais são as políticas internas?
Quais são as políticas internas?

Além dos documentos já citados em "Direitos dos Titulares", desenvolvemos uma série de políticas que, direta ou indiretamente, lidam com a proteção de dados pessoais. Todos os nossos colaboradores devem observar, por exemplo, políticas de segurança de informação, retenção e descarte de dados e resposta a incidentes, entre outras.

Também mantemos algumas proteções contratuais junto a fornecedores, parceiros comerciais e colaboradores. Os nossos contratos geralmente possuem cláusulas de proteção de dados, confidencialidade e segurança da informação, que podem ser mais ou menos rigorosas a depender do tipo de contrato utilizado. A mudança e adaptação dos contratos atuais está em processo avançado.

Ao longo dos últimos meses, também realizamos uma série de ações para conscientizar nossos quase 10 mil funcionários. Além de diversas comunicações internas por e-mail e outras plataformas organizacionais, adotamos três níveis de treinamentos institucionais:

Treinamento e-learning disponível para todos os colaboradores;

Treinamento específico para os executivos e colaboradores estratégicos da TIM;

Treinamento dos fornecedores, conscientizando sobre a lei e os cuidados que estamos tomando para atendê-la

O que é o Relatório – InternetLab?
O que é o Relatório – InternetLab?

Parte importante do resultado desses esforços está refletida nas avaliações anuais do InternetLab, centro de pesquisa e tecnologia que publica todos os anos o relatório “Quem Defende Seus Dados”. Em 2020, 2021 e 2022, tivemos um grande resultado entre as operadoras brasileiras, fruto de nossa constante evolução.

O InternetLab (centro independente de pesquisa) em parceria com a Electronic Frontier Foundation (EFF) desenvolveu o projeto “Quem Defende seus Dados?” (QDSD?), Versão brasileira da pesquisa americana “Who has your back?“. O projeto avalia como várias empresas de internet protegem os dados de seus usuários.

Em novembro de 2020, dezembro de 2021 e janeiro de 2023 o InternetLab publicou sua pesquisa, na qual a TIM teve sua avaliação mais positiva. Esse resultado é consequência do esforço, das ações realizadas e outras ainda em andamento na TIM para a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados.

Para conferir o resultado da avaliação da TIM no Relatório InternetLab – “Quem defende seus dados”, acesse o site Quem Defende seus Dados.

 

 

 

O que é o Código de Boas Práticas?
O que é o Código de Boas Práticas?

No dia 30/08 foi publicado Código de Boas Práticas de Proteção de Dados Pessoais para o Setor de Telecomunicações, desenvolvido pelas empresas de telecomunicações associadas da Conexis, como consequência da troca de informações e conhecimento entre essas, a respeito das medidas que foram adotadas durante o período de adequação das companhias à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Assim, o Código tem por objetivo evoluir a atuação responsável das empresas, ampliando as boas práticas do setor com os consumidores, se somando ainda ao Sistema de Autorregulação do Setor de Telecomunicações (SART), lançado em 2020.

Acesse o código de boas práticas.

Iniciativas de Privacidade da TIM
Iniciativas de Privacidade da TIM

Como uma das maiores empresas de telecomunicações do Brasil, a TIM tem como uma de suas principais missões a garantia da privacidade e proteção dos dados pessoais dos titulares, sejam estes clientes ou não clientes. Para cumprir esse propósito, entendemos que, muito mais do que obrigações legais ou regulatórias, o respeito à privacidade e a garantia da proteção de dados pessoais são elementos fundamentais de respeito aos titulares, às suas liberdades e decisões.

Além da constante busca pelo uso das mais avançadas soluções tecnológicas, visando garantir o mais alto nível de segurança das informações tratadas pela TIM, internamente existem diversos mecanismos que tornam a empresa apta a atender as exigências legais e regulatórias relacionadas à privacidade e proteção de dados, como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (“LGPD”), aquelas previstas no Código de Defesa do Consumidor, no Marco Civil da Internet e nas leis e regulamentos aplicáveis ao setor de telecomunicações.

Desde 2018, a TIM vem desenvolvendo um dos maiores programas de adequação em proteção de dados do país, havendo o envolvimento direto e indireto de diversos profissionais na construção de procedimentos, políticas e práticas que são revistas e atualizadas constantemente, de acordo com os mais altos padrões de conformidade exigidos pela legislação brasileira. Esse é um dos fatores que levaram a TIM a ser eleita, em 2020, 2021 e 2022, como uma das operadoras mais bem avaliadas do setor no ranking “Quem Defende seus Dados”, do InternetLab.

Por fim, esclarecemos que a TIM possui uma estrutura robusta de governança em privacidade e proteção de dados, em linha com as disposições do artigo 50 da LGPD e melhores práticas de mercado. Ainda, a TIM possui Encarregado de Dados constituído desde dezembro de 2018, conforme publicado em sua Política de Privacidade, bem como canal direto para que os titulares possam exercer seus direitos, através de um Formulário de solicitação disponível nesta Central.

 

Administração de dados

Conheça melhor nossas políticas

Política de privacidade TIM

Saiba quais informações são coletadas em nossas plataformas.

Política de cookies TIM

Usamos Cookies para saber sua navegação, conhecer você e oferecer produtos específicos

Cancele mensagens publicitárias com um SMS

Basta enviar SAIR para 4112 para cancelar os SMS ou RECEBER para 4111 para voltar a receber.

Compromisso com a privacidade

Exerça o seu direito de Titular de Dados

Para requerer o atendimento ao seu direito, preencha o formulário abaixo. Consulte o manual de uso em caso de dúvidas sobre o processo de atendimento.

O que você está procurando?

Digite sua dúvida

Principais dúvidas

Quais dados a TIM coleta de mim? Isso é seguro?

Seus dados são tratados com muita transparência e cuidado aqui na TIM, já que seguimos a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), uma legislação que foi feita para regulamentar o tratamento de dados pessoais.

 

É totalmente seguro. Você pode saber mais detalhes aqui nesta página ou ainda ver a nossa Política de Privacidade.

E o que são cookies? A TIM tem uma política de cookies?

Cookies são arquivos que transferimos e permitem reconhecer o seu navegador ou dispositivo, além de saber outras informações, como quando nossas páginas e produtos são visitados, quantas pessoas acessam o site, entre outras.

 

Você pode saber tudo sobre a nossas diretrizes na página de Política de Cookies da TIM.

Como eu deixo meu celular mais seguro?

Veja algumas medidas simples para auxiliar a segurança:

 

 • Mantenha seu aparelho atualizado com as últimas recomendações do fabricante;
 • Instale só apps da loja oficial do dispositivo;
 • Na instalação, verifique se as permissões de acesso solicitadas estão de acordo com a finalidade do aplicativo;
 • Ligue configurações de segurança como: as opções de rastreamento, bloqueio, backup, remoção de arquivos remotamente e etc.

Como posso aumentar a segurança no meu WhatsApp?

Existem muitas dicas para deixar seu WhatsApp mais seguro. Veja algumas:
 • Desconfie sempre que for abordado por um desconhecido sobre uma oferta de qualquer tipo de prêmio;
 • Coloque senha em seu aplicativo para ter ainda mais proteção;
 • Desative a função de baixar automaticamente todos os vídeos e fotos recebidos;
 • Evite o uso do WhatsApp em computadores ou redes públicas;
 • Tente não baixar arquivos ou clicar em links se não tiver certeza da seguranças;
 • Mantenha seu WhatsApp atualizado e com antivírus;
 • Ative a verificação em duas etapas.

 

Você pode conferir mais dicas na página de dicas de segurança no WhatsApp.

O que são os SMS piratas? Posso receber algum da TIM?

SMS Piratas (ou SPAM) são SMS não regulamentados e clandestinos. Alguns podem se passar pela TIM, mas as nossas comunicações não são enviadas por números de 8 ou 9 dígitos e nem pedem para você enviar informações pessoais.

 

Já os nossos SMS estão dentro da lei e são seguros. Você mais sobre o tema na página de SMS Pirata.

Como posso cancelar o envio de SMS publicitária da TIM?

Para cancelar o envio de mensagens publicitárias da TIM, basta enviar "SAIR" para 4112. Mas, se quiser voltar com o envio e saber de ofertas exclusivas, promoções e descontos, envie "RECEBER" para 4111.

 

Você também pode evitar ligações publicitárias de outras empresas. Descubra como na página Não me Perturbe.